Vida e olhos: Como cuidar deles | Essilor

Conheça as lentes para daltonismo

Partilhar

Existem vários tipos de lentes e com diferentes propósitos. No caso do daltonismo, existem lentes dedicadas e que podem ajudar o utilizador.

Lentes para daltónicos: o que são e os seus benefícios

A visão é crucial para o dia a dia, pois 90% de toda a informação que recebemos é exatamente através desse sentido. Por conseguinte, qualquer condição que impeça a receção total ou parcial da informação terá um impacto na nossa qualidade de vida. 

A deficiente visão das cores (DVC), comummente conhecida como daltonismo, afeta milhões de pessoas a nível mundial, impactando a vida dessas mesmas pessoas.  Normalmente existe uma componente genética associada e afeta mais os homens do que as mulheres. No entanto, algumas doenças, como a esclerose múltipla e a diabetes podem levar ao aparecimento do daltonismo. As alterações da visão ao longo da vida, podem igualmente ter impacto na perceção da cor. No caso das crianças, estas sentem normalmente dificuldades em aprender as cores e em realizar atividades que envolvam as mesmas.

O olho humano consegue percepcionar três cores através dos pigmentos das células fotossensíveis (neste caso, os cones): vermelho, verde e azul. As restantes cores resultam de uma combinação variável destas 3 cores. Um daltónico pode não conseguir ver uma ou mais cores.

Existem três tipos de daltonismo: deuteranopia, protanopia e tritanopia. Na deuteranopia existe dificuldade na distinção das cores verdes; a protanopia reflete essa dificuldade na percepção das cores vermelhas; e a tritanopia, o tipo de daltonismo mais raro, não permite distinguir o amarelo do azul.

As lentes para daltónicos possuem um filtro especial que melhora a visão das cores, ajudando a distinguir melhor entre o vermelho e o verde.

 

Quais são as lentes para daltónicos?

Ao visitar um profissional de saúde visual, este testará a sua capacidade de distinguir as cores e, se for o caso, poderá avaliar o tipo de daltonismo presente.

A protanomalia ou protanopia (dependendo da severidade) é o tipo de daltonismo mais comum e consiste na diminuição ou ausência de perceção quanto aos tons vermelhos. Nesse caso a pessoa vê tons de castanho, verde ou cinzento. A deuteranomalia ou deuteranopia (dependendo da severidade) afeta a capacidade de distinguir a cor verde. À semelhança do que acontece no primeiro tipo, os tons visualizados tendem para o castanho. Por exemplo, ao observar uma árvore, a pessoa vê a árvore toda castanha, embora com diferentes tonalidades entre o tronco e as folhas. A tritanomalia ou tritanopia (dependendo da severidade) é um tipo mais raro de daltonismo, que afeta a capacidade de reconhecer as cores azul e amarela. Um indivíduo com tritanomalia não perde na totalidade a noção de azul, apercebendo-se de várias tonalidades. Também não consegue distinguir a cor laranja e o amarelo adquire um tom rosa-claro.

Poderá questionar-se como funcionam as lentes para daltónicos. Para os daltónicos estão disponíveis lentes com proteção UV, unifocais e progressivas, que visam aperfeiçoar a visão das cores. Existem lentes para vários tipos de daltonismo, pelo que em primeiro lugar terá de realizar uma consulta para avaliar qual o tipo de daltonismo que o afeta. Aquando da primeira utilização, as lentes podem alterar a percepção de cores do ambiente circundante dependendo da própria cor do filtro. Com a adaptação às lentes e a aprendizagem de novas cores, os daltónicos poderão perceber as cores mais facilmente.

 

Que melhorias um daltónico obtém com essas lentes?

Ao utilizar lentes oftálmicas ou de contacto, uma pessoa daltónica poderá percecionar as cores de forma mais precisa. Tal facilitará a vida aos daltónicos, como, por exemplo, na escolha de roupas, na observação de sinais de aviso, ao verificar se a fruta está madura e inclusive em algumas oportunidades profissionais. 

Contudo, dado que o daltonismo é uma anomalia visual sem cura, é evidente que as lentes para daltónicos apenas ajudam a perceber melhor as variações das cores. Mesmo recorrendo a estas lentes especiais, as pessoas daltónicas não ficarão a ver como uma pessoa sem esta condição.

Se suspeita de algum sinal e/ou sintoma, procure o seu especialista para um aconselhamento mais detalhado.