O que afeta os olhos 10 min. leitura

Olhos dos adultos

Partilhar

OS SINAIS QUE DIZEM QUE PRECISA DE LENTES PROGRESSIVAS

Se tem mais de 40 anos e começa a perceber que os objetos próximos de si costumam parecer desfocados sobretudo em ambientes com pouca luz, pode ser hora de considerar o uso de lentes progressivas.

A visão é provavelmente um dos nossos sentidos mais importantes. No entanto, uma redução gradual da visão é inevitável. As lentes progressivas geralmente são necessárias para pessoas com mais de 40 anos de idade que perderam a capacidade de ver ao perto.

À medida que envelhecemos, o cristalino perde a sua elasticidade e torna-se progressivamente mais rígido, causando um agravamento da visão ao perto. Na verdade, é a flexibilidade do cristalino que permite ao olho ver objetos que estão a distâncias diferentes. Para além do enfraquecimento dos músculos extra-oculares, o enrijecimento da lente é um dos fatores que podem causar visão desfocada quando olha para objetos a curta distância.

Estamos a falar de um erro refrativo chamado presbiopia, que pode começar a manifestar-se a partir dos 40 anos. As lentes progressivas costumam ser uma excelente solução para a presbiopia, porque permitem ver claramente tanto a curtas como a longas distâncias.

SINAIS DE PRESBIOPIA

Talvez já tenha percebido que precisa de afastar alguns objetos para os ver melhor. Um dos primeiros sintomas que as pessoas notam quando percebem que têm esta anomalia visual é a dificuldade em ler textos impressos em letras pequenas, como jornais ou o texto de uma mensagem no telemóvel, especialmente em condições de iluminação abaixo do ideal. 
A presbiopia é uma evolução natural do sistema visual. Ninguém nasce com presbiopia, mas todos nós a desenvolvemos ao longo da vida, manifestando-se a partir dos  quarenta anos. É também conhecida como vista cansada.

Esta situação não deve preocupá-lo; existem soluções eficazes, como lentes progressivas, que podem ajudar a resolver esse desconforto.

IDENTIFICAR MUDANÇAS NA SUA VISÃO

Em condições normais, os adultos devem ser submetidos a consultas visuais de dois em dois anos. No entanto, se começar a sentir sintomas ou dificuldades de visão entre as consultas, é melhor não perder tempo e agendar uma visita a um especialista.

A presbiopia é geralmente diagnosticada durante exames de rotina. O profissional de visão pode avaliar a sua acuidade visual e a sua capacidade em ver objetos a diferentes distâncias. A presbiopia pode evoluir com o tempo, por isso é importante verificar a sua visão para poder usar as lentes mais adequadas às suas necessidades.

Às vezes, a presbiopia não afeta a sua visão mas causa outros problemas, como fadiga visual e dores de cabeça. Se sentir que está a ter estes sintomas com mais frequência do que o habitual, consulte um profissional de visão.

CORRIGIR A PRESBIOPIA

A solução mais comum para corrigir a presbiopia é o uso de lentes progressivas. As lentes progressivas mais avançadas possuem 4 zonas de visão numa única lente, permitem ver bem ao longe, na zona intermédia, à distância de um braço e ao perto.

No passado, muitos consumidores resolveram esta situação com o uso de óculos de leitura para trabalhar e para ver a curtas distâncias, retirando-os para ver ao longe. Mais tarde surgiram as lentes bifocais: permitem ver ao longe na parte superior da lente e ao perto na parte inferior. No entanto, as lentes bifocais tinham uma separação clara entre a visão de longe e a visão de perto, sem permitir uma correção para a visão intermédia. A experiência foi desagradável e deu a sensação aos portadores de terem mais anos do que tinham.

A adaptação de lentes progressivas tornou-se se cada vez mais comum porque oferecem uma solução ao encontro das necessidades dos consumidores. As lentes progressivas permitem ver a todas as distâncias com o máximo conforto. A sua utilização é muito intuitiva, basta usar a parte superior da lente para a visão de longe e a zona inferior da lente para a visão de intermédio/perto.

As lentes progressivas foram criadas em 1959 e evoluíram significativamente desde então. O marco mais recente dessa tecnologia são as lentes Varilux® X Series ™: com este design, conseguimos ter a correção ideal em toda a superfície da lente, sem precisar de mover a cabeça para encontrar a zona de visão mais confortável para si. 

vision care