O que afeta os olhos 7 min. leitura

Olhos das crianças

Partilhar

Tudo o que precisas de saber para manteres melhor a saúde visual dos seus filhos.

O OLHO DA CRIANÇA

Os olhos dos bebés desenvolvem-se! O bebé recém-nascido vê muito pouco, mas com o tempo a acuidade visual melhora. Um bebé de idade inferior a 1 ano possui uma acuidade visual de 1/20  e alcançará 12/10 a 14/10 em dez anos!

O teu filho irá gradualmente atingir a visão de um adulto normal. Ao mesmo tempo, a visão de cores progride: algumas semanas após o nascimento, o bebé reage primeiro às cores vermelho e verde e só  depois ao azul e amarelo.

INFÂNCIA, UM PERÍODO QUE REQUER ATENÇÃO

O período da infância é o que mais exige atenção dos pais, principalmente no que diz respeito à visão. Como são as pessoas mais próximas da criança, os pais têm uma maior responsabilidade em de detetar qualquer anomalia visual. A deteção precoce destes defeitos permite que ações sejam tomadas para tratar efetivamente qualquer anomalia visual. Os defeitos mais comuns são miopia, hipermetropia, astigmatismo, daltonismo, ambliopia e estrabismo:

  • O estrabismo é facilmente detetado quando a criança cruza os olhos. A visão é frequentemente desfocada ou deformada. Este distúrbio requer correção porque causa ambliopia entre outras condições como fadiga e desconforto.
  • A ambliopia é provocada por falta de estimulo visual num ou nos 2 olhos. Quando é unilateral, é compensado pelo outro olho. É importante detetar a ambliopia cedo, porque quanto mais o tempo passa, mais difícil é corrigi-la.
  • Hipermetropia - A criança está em permanente esforço visual para ver com nitidez. Sente mais dificuldade em visão de perto e do que em visão de longe. Pode ser corrigido com as lentes apropriadas.
  • No caso da miopia, é caracterizada pela dificuldade em ver objetos ao  longe. Pode ser corrigido com as lentes apropriadas.
  • O astigmatismo afeta tanto a visão de longe como a visão de perto, o astigmata tem dificuldade em distinguir formas e pormenores, a sensibilidade ao contraste está também diminuída. É necessário o uso de óculos específicos para ser corrigido. 

INTERPRETAÇÃO CORRETA DE SINAIS DE ALARME

Não és um especialista em saúde visual? Não te preocupes sem o seres consegues detetar alguns problemas visuais no teu filho. No entanto, se tiveresum destes sintomas, consulta um especialista em saúde visual:

  • a criança esfrega frequentemente os olhos
  • parece que a luz incomoda os olhos ou na presença de luz solar franze muito os olhos
  • converge excessivamente os olhos
  • os olhos estão fixos ou a cabeça está anormalmente inclinada
  • tropeça muitas vezes
  • dificuldade em reconhecer imagens
  • reclama muito de dores de cabeça

 

vision care